Review: Battletoads

Atualizado: Fev 11

Quando foi anunciado esse novo jogo dividiu o público, uns curtiram principalmente pela franquia estar voltando, e outros torceram o nariz pela escolha do estilo visual do jogo, ao melhor estilo cartoon network (Samurai Jack, meninas super poderosas), eu me encaixo no primeiro grupo, eu acredito que todos esse jogos antigos poderiam fazer sucesso nos dias atuais, usando tecnologias novas, e principalmente com modos online, e não precisam ser AAA com orçamentos astronômicos, nem valores cheios para o público, fico feliz em poder revisitar essas franquias a tanto tempo engavetadas, e que mais ressurjam, venham comigo que vou pontuar os pontos fortes e fracos desse game.




Graficamente o jogo é muito bonito, comparado a outro beat´em up que nos foi trazido recentemente, Street of Rage 4, esse Battletoads é mais bonito e tem animações mais fluidas, cenários que misturam 3d com 2d, e é perceptível a maior resolução usada, numa tv 4k o jogo fica lindo, já Street of Rage 4 demonstra ser mais ultrapassado (mesmo sendo novo, tem um ar de velho), vale mencionar que ambos tem configurações de resolução 4k, mas visualmente Battletoads brilha mais aos olhos, e pra contar a história do jogo temos excelentes animações em desenho animado, com uma ótima dublagem em inglês, e faz muita falta uma dublagem em português, a legenda passa muito rapidamente, é fácil não conseguir acompanhar a legenda e se perder na história e nas piadas que passam batido.

Infelizmente aqui começa os problemas do jogo, apesar de bonito e bem fluido nas animações, o jogo não é carismático, antigamente o jogo tinha muito mais carisma, incluindo inimigos que são difícil ate de serem identificados, ok que boa parte são aliens, mas o mínimo que se espera de uma animação bonita são coisas carismáticas, olhem Rick & Mothy esbanjando carisma em sua animação.