Review: Wind Peaks

Atualizado: Abr 16


O gênero "hidden object" sempre esteve presente em muitos jogos que vinham naqueles CD room no inicio dos anos 90/2000.

Ele consiste em interagir com o cenário e encontrar objetos, para os mais velhos o famoso termo "onde está o Holly" onde tínhamos que encontrar a figura do Holly em meio a multidões e cenários.


Wind Peaks foi desenvolvido pelo estúdio brasileiro Actoon Studio.

Wind Peaks resgata esse gênero de maneira natural e convidativa com seus gráficos carbonizados e traços simples.


A historia se desenrola conforme você avança o nível das fases, a dificuldade e tempo para cada fase varia do nível e habilidade de cada jogador

A cada fase que você avança uma cutcene e destrava mostrando alguma situação onde teremos que encontrar ainda mais objetos e o cenário fica ainda mais expansivo.

as vezes não basta apenas achar o objeto temos toda uma ordem como cavar um buraco, achar um baú, ter a chave para abrir esse baú e dai em diante.


Wind Peaks conta a história de um grupo de escoteiros que em uma de suas aventuras encontram um mapa do tesouro e começam uma jornada por uma floresta mágica repleta de elementos misteriosos.


Um possível pé-grande, gatos danados, totens misteriosos e muita aventura vai

levar você entre os vários cenários carregados de detalhes com uma arte incrível que o jogo te apresenta e te convida para explorar.

E nem só de objetos escondidos vive o jogo, e por isso que ele consegue se destacar, apresentando pequenos puzzles, colecionáveis,

missões secretas e muito mais para manter a jogabilidade ainda mais interessante.

Em um momento você está jogando garrafas no lixo e em outro tirando fotos de animais escondidos na selva.


É realmente interessante toda a atmosfera criada pela arte, pelos sons ambientes bem feitos, até pela trilha sonora sutil demais e tranquila e também pelos elementos do jogo que você deve buscar e os quebra-cabeças que se apresentam,

pois eles levam a história a frente.

O plot do jogo é bem trabalhado, mesmo em poucas apresentações entre os estágios, mas os elementos também fazem parte da história e isso é muito interessante. A história é dividida em 15 episódios e apresenta uma “Temporada 1” ao final do jogo (que inclusive tem um plot-twist bem interessante), acredito que o game seja ideal para crianças na idade do inicio escolar, onde a procura pelos tesouros vai ajudar no desenvolvimento e atenção da criança.