Shay jogadora aposentada de CSGO, é condenada em 1.ª instância a 116 anos de prisão

ShAy que já teve grandes feitos na Liga Feminina da GamersClub e atuou em equipes consagradas, como Mibr, paiN e Vivo Keyd, até se aposentar da cena competitiva de Counter-Strike em 2019.

Shayene Victorio de Barros, que se apresenta nas redes como influencer digital, foi processada por dezenas de pessoas, que alegaram ter comprado produtos no site da empresa dela e não receberam nada. Após investigações realizadas pelo GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), além do trabalho do Ministério Público do Estado de São Paulo, que colheu os depoimentos de pessoas lesadas pela empresa de comércio varejista online administrada pelo ex-marido de shAy e por seu pai, a juíza responsável pelo caso disse que encontrou "ilicitudes ocorridas na empresa de sua propriedade".

inicialmente a notícia foi noticiada pelo colunista Leo Dias, no site UOL, e então confirmada por ESPN, Lance!, Terra e Versus.